segunda-feira, 1 de outubro de 2007

DROGAS LEGALIZADAS

Como se não bastassem as drogas como a maconha e a cocaína, agora as farmácias vendem as chamadas drogas legalizadas. Uma delas e a mais usada é um medicamento chamado "BENFLOGIN - O antiinflamatório Benflogin faz sucesso nas baladas como droga alucinógena. O barato pode causar hemorragia intestinal e danos nos rins".
Usando de 8 a 15 comprimidos em uma única vez, o usuário, tem as mesmas sensações de uma droga potente como o LSD e assim embarca em viagens psicodélicas ou tem alucinações como "teias de aranha pelo corpo".
Então cuidado!
Alguns usuários também passam a sofrer pesadelos. Segundo Elizaldo Carlini, do Cebrid, a substância aumenta a atividade do neurotransmissor dopamina (responsável pelas sensações de euforia e prazer) no sistema límbico, que regula funções cognitivas, como emoção e memória. Quando se toma uma dose excessiva dessa substância, as experiências registradas nos arquivos da memória afetiva vêm à tona, mas de forma distorcida, como uma percepção alterada da realidade.
Uma preocupação a mais para pais, pois drogas como essa, são vendidas sem receitas médicas por um preço acessível bem ali na sua farmácia de confiança. Além disso, sites de relacionamento como o Orkut, em suas várias comunidades incentivam o uso e provavelmente passem desapercebidos pelas autoridades.
É, a evolução dos tempos e a morte precoce dos nossos jovens.

6 comentários:

*~¢σмρℓι¢α∂α є ρєяfєιтιинα~* disse...

Bom você sabe muito bem o que eu penso em relação a isso,neh?
Mais acho mutio bom você estar passando isso para as Pessoa,e eu te dou total apoio...
Bjus

victória disse...

adorei a crônica só num gostei de num poder pegar ia usar ela em um trabalho..mais mesmo assim para bens é uma ótima crônica.

edmar disse...

parabens ao criadeor do site.muito bom.

edmar disse...

parabens ao criadeor do site.muito bom.

www.ingrednoleto disse...

Nossa, muito bom o seu texto, isso me ajudou muito á concluir meu trabalhoo da escola !
parabéns pelo seu ótimo trabalho,

Mikaela disse...

Tabém gostei muito, um comentario que traz á tona a rrealidade de hoje em dia que muito não percebem por não ter uma proibiçao!